terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

O Fim do DJ Gorduraz

O tempo passa e as coisas mudam. O que era novo torna-se velho, o legal torna-se chato, o essencial torna-se desprezível, e as soluções tornam-se problemas. A vida é assim: um vai-vem de sentimentos, emoções, relações, e amizades que o tempo mostra o quanto valem!
De uns meses pra cá, Magrão viu seus dias se tornarem cheio de tarefas importantes e indispensáveis para a evolução de um homem: trabalho, família, música, estudo e outras cositas más. Nessas horas, a vida ( e a mãe ) pedem foco, firmeza e cabeça no lugar. Inevitávelmente, coisas devem ser deixadas para trás para que novas venham, grilos intermináveis e altamente embaraçosos surgem na Magra cachola, fazendo com que decisões importantes sejam tomadas ( certas ou erradas, não sei! ).
Onde Magriça que chegar falando desse jeito, porra!?
É camarada, o impoluto escritor desse blog deixa para trás a carreira do DJ Gorduraz, e também abandona as articulações e expeculações que envolvem o mundo da música eletrônica!
Para uns uma perda, para outros um alívio. Para mim, uma mixagem levemente sambada entre tristeza e alegria, mas sem abaixar a cabeça nem abalar o semblante pra não deixar a pista perceber!
Desde que comecei a participar da cena cuiabana, tive muitas alegrias e decepções. Dei muitas bolas fora mas também fiz gols de placa. Arranquei gritos da pistinha frenética mas também sambei. Conheci gente legal e gente chata. Fiz bons contatos mas também fui passado pra trás. Passei por finais de semana intermináveis e chorei de deprê na segunda-feira. Falei coisas pra quem não devia e escutei muita asneira de neguinho non sense. Ganhei, perdi, dancei, ri, fiz rir, me arrependi, não me arrependi!
Então é isso pessoal, fico por aqui com essa choradeira! Mas a cabeça tá erguida e a bola vai pra frente!


Serviço:
1 – Uma lágrima teimara em cair no fim do post;
2 – Foi o texto mais difícil desde o começo do blog
3 – Obrigado ao pessoal legal, e um “some daqui safado” pros pelassaco;
4 – Como tô caindo fora da gang do tunts-tunts, não sei o que será do blog.


Lucas aka Gorduraz
O “vai com Deus meu filho” da cena.

25 comentários:

Diego Marcell² disse...

Não vai rolar nem uma despedida, o grand finale ?

Não precisa apagar o blog, comece a falar sobre o que vc está fazendo agora.

;)

local girl in photograph disse...

É triste, mas você não morreu, então bola pra frente mesmo, gordo! :)
Admiro o seu empenho em tudo o que faz e o que vai fazer daqui pra frente não vai mudar a minha opinião sobre você, acredito!
A vida é assim mesmo, cheio de surpresas, novidades, decisões difíceis e temos que estar com a cabeça no lugar pra tomar a decisão certa! E que pelo jeito, você tomou!
Seja o que for, você sempre vai ser o Dj Gorduraz :)

Beijo grande da japa Pan e saudade néé... você some! hahahaha

And®és Leal disse...

fala sério, é pegadinha do malandro!!!! Hhááá

Obs: mete ficha no blog, nao deixa ele não!
Obs2: essa vai ser uma grande pauta para o #baixoduque essa sexta. t espero la magro safado...

Rodrigo Spinelli disse...

Pow cara! Se a responsa ta apertando pro seu lado, o negocio entao é curtir e levar um sonzinho de vez em qdo como hobby, em festinhas de amigos, churras, sei lá.. varios brothers e eu mesmo curto tocar nessas ocasioes..

abraco... sabado tem choppada hein!!

Alberto disse...

fala a verdade nessa merda ai cara q vc virou rockeiro e os cara do rock nao gosta de dj nao sei o q morte aos djs... falai magrao!!!

Carpatia disse...

Ae, magriça.
Boa sorte em novas empreitadas. O tempos mudam. mas não máta o blog não. Ainda tem muita história e muitas cenas para azucrrnar, rs.
Dewis,

Jules disse...

Não existe ex-dj, assim como não existe ex-viado.
Você é as duas coisas e sempre será!

Cleiton disse...

LUTO!!!

D i G 0 disse...

o Fio, deixa de conversa, chera meu ovo..

Michelly e Átila disse...

EX DJ?
Nunca vi isso na minha vida amigo gordurinha!
Voce pode ser redator, musico, estudante, o caralho a 4, e ser Dj nas horas Vagas!
Não curti! LUTO (2)

Felipe Melo disse...

Ser dj é hobby e não enche barriga, Gordura. Trabalhar, ralar pra caralho, acordar cedo, ganhar experiência, cumprir com os compromissos e, claro, tomar esporro de patrão é o que fazem as pessoas crescerem REALMENTE. Pode crer, você vai sair ganhando. Fica a dica.

Abração

Hugo Dias disse...

Pô Gordurinha, todo mundo tá ligado que essa cena é complicada. Injusta na maior parte do tempo mesmo. Mas se essa é sua decisão - e se você acha que isso é o melhor pra você - que dê tudo certo. Força, irmão!

dombebeto disse...

Tristeza, LUTO 3
BAH, AINDA N ME CAIU A FIXA!!!rsrs..
MAS BOLA PRA FRENTE, ASSIM COMO VC DEIXOU O SHOWBISS DAS CERESTAS NO SALOON, AS BANDINHAS DE ROCK(NIRVANA)DOS ANOS 90.. ESSA FASE DE DJ SERÁ SÓ MAIS UMA HISTÓRIA PARA CONTAR AOS SEUS NETINHOS ANOREXOS...ENTRE MILHÕES DE OUTRAS QUE VIRÃO PELA FRENTE!!!
KKKKKKKKKKK..E PARE DE FUMAR, QUE TALVEZ TENHA MAIS TEMPO COM SEUS NETINHOS, E NÃO TEREMOS MAIS UM LUTO INESPERADO!!
MELHORAS AMIGO,,

Juno Records disse...

Nunca pensei em desistir Gorduraz, mas confesso que algumas muitas vezes pensei em me matar, rs... seria a única maneira de parar,

Enfím, acho que quando bater aquela recaída, vc não irá suportar e queimará a rosquinha novamente, assim como fará longs and shorts sets como DJ, rs...

Não pense que estou levando esse seu desabafo a sério, isso é apenas um momento em que vc está se dedicando a ganhar sua fortuna, para depois voltar a fazer aquele som maneiro que puxou todo mundo para a pista do techno e vertentes na ultima KiaÖra.

De um tempo pra vc, e vai ser organizando, para poder fazer as coisas que vc gosta também...

Juno Records disse...

Exatamente isso que o Juno acabou de dizer no meu lugar Gorduraz, rs...

Não sei como essas coisas acontecem. Eu escrever algo e meu nome aparace como Juno Records, esse tipo de coisa que me desanima na música eletrônica, rs...

Juno Records disse...

Que merda, saiu Juno Records de novo, bom gente, aqui quem fala é o Faraz...

tha disse...

Só sei que existem coisas muito mais importantes que participar da "cena"! MESMO!

Edimar Rodrigues disse...

Salve, Salve meu amigo.

A vida é cíclica e para ilustrar o meu apoio à mudança, empresto algumas palavras da Simone Spoladore que diz:

Mude.

Mas comece devagar,
porque a direção é mais importante que a velocidade.
Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho, ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção os lugares por onde você
passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os teus sapatos velhos. Procure andar descalço
alguns dias.
Tire uma tarde inteira pra passear livremente na
praia, ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda.
Durma do outro lado da cama...
depois, procure dormir em outras camas.
Assista a outros programas de TV, compre outros
jornais... leia outros livros.
Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde. Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes,
novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia,
o novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo
jeito, o novo prazer, o novo amor, a nova vida.
Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida, compre pão em outra
padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado... outra marca de sabonete,
outro creme dental...
tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores
Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas,
troque de carro, compre novos óculos, escrevas outras
poesias.
Jogue fora os velhos relógios,
quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco.
Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros
teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se que a vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um novo emprego,
uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais
prazeroso,
mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre,
invente-as.
Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa,
longa,
se possível sem destino.
Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores
e coisas piores do que as já conhecidas.
Mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o
dinamismo, a energia.

Então meu Lucas, meu camada, só o que está morto não muda!

E definitiva é só a morte.

Camila disse...

gordurinha... pensa bem cara...

vida de publicitário n é um mar de rosas... ganha pouco. digo por experiencia propria rs
infelizmente, eu só tenho essa habilidade. vc tem duas, ser publicitario e ser DJ...
eu n posso optar por outra vida :(
vc pode.
ainda há tempo de não abandonar a música eletrônica...

animo! :D

pedro disse...

É meu amigo, fiquei de cara quando você nos comunicou da sua decisão. Mas concordo contigo em gênero, número e grau que FOCO é algo fundamental para as coisas realmente acontecerem. Aqui em casa a pressão é forte quanto a essa vida da noite/DJ. Admiro a sua dificil decisão, coisa que ainda nao tive coragem de fazer. Você vai fazer falta brother, sem dúvida alguma. Bom que a amizade continua. Grande Abraço Pepa

Liliane Coelho disse...

Lucas,

Se fosse pra avaliar o texto, eu diria: lindo. Sobre a decisão, ela é sua e, exatamente por isso, merece todo o nosso respeito. Alguém aí pra cima disse e é verdade: a música não abandona a gente. E com isso vc também pode contar. : )

Li

Li

IdeiaSativas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
IdeiaSativas disse...

Magriça,
Muito bom o seu texto cara..
Se você cansou, aperta o pause, quando bater saudades, é só apertar o Play de novo!
Abraço

Ah, NAO É AÍ NÃO, MAGRÃO.. kk

Duka

Yumi disse...

Pô, não vi e não vou ver! Que tristeza!

Mas issae, bem vindo a "gangue da good vibe!" AHAHAHA.

Bezzu.

Daniella disse...

ow galera d curitiba... quem vai sexta dia 16 no Yankee Bar na festa do TGP?

 
Forensic Accounting
Forensic Accounting