segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Vira e Mexe

Comportado do fds, vai aí mais um pouco do blog mais leve da internet! Atendendo ao pedido feito nos comentários do post anterior, Magricelão escreverá sobre o que é ser V.I.P. ! Uma breve compilação de dados empíricos, fatos corriqueiros, e sentimentos reais vividos por esse corpo esguio que Deus me deu.
No tio Wikipedia, a descrição de V.I.P. é algo em torno de “pessoas com privilégios”, no Houaiss, “pessoa de grande influência e prestígio”, “sigla de very important person – pessoa muito importante.” Isso aí é na teoria, nego! Nesse mundão véio sem porteira é diferente, logo, na tórrida Hell City também.
Pra quem o é, V.I.P. é pose, elegância, superioridade, conforto, dança dos ombinhos sensuais, azaração com as cocotas, champa no baldinho e mais um monte de frescura pra pagar de perua de novela das 8, ou de malandrão da academia. Nos últimos tempos, as festas da nossa cidade foram invadidas por espaços destinados a esse tipo de público, que além de gastar uma nota preta em fitinhas e camarotes, enche o pé de cana e estampa um sorriso sincero na cara do dono do bar. rs.
Com o passar do tempo, a busca por soluções para a sustentabilidade, fez com que os promoters encontrassem formas de arrecadar mais com as festas, ao passo que o público diminuía. Então, uma lâmpada acendeu-se na cabeça de alguém, e após a luz, uma voz ao fundo disse: “ Nêgo, porque tu não monta tipo uma área V.I.P.! Pensa bem, tem uma galera que frequenta as reives, que não gosta de ficar esperando horas na fila, sente vergonha alheia ao estar do lado de algum entusiasta do rebolation, e que se sente melhor e mais bonito quando está num lugar privilegiado, de preferência um pouquinho acima da pista pra dar aquele ar de superioridade.” Pronto, maldito safado que acendeu essa porra dessa lâmpada! Hahahahaha!!!
Com o passar do tempo essas “ Áreas VIPS” tomaram conta da cena, qualquer festinha despretensiosa conta com um local exclusivo, para pessoas exclusivas. Ahn!? Cadê que eu nunca vi!? É ué, aquele lugar lá onde os playbas e as cocotas ficam amontoados, ao som de algum P.A. improvisado ( o som é melhor na pista, obviaMENTE), onde a fila é maior pro bar e pros banheiros, e onde vira e mexa ( mais vira do que mexe) rola alguma presepada, enfim, de exclusivo não tem porra nenhuma! Qualquer 20 ou 30 pila a mais você consegue uma fitinha, e já faz parte dessa segregação infame!
Mas de vez em quando gosto de dar um role na Área Vip, uma encochadinha naquele vestidinho apertado, pegar gelo do balde do amiguinho, fazer a dança dos ombrinhos sensuais pras minas metidas, enfim, fazer o social! AHAHAHAHAHAHAHA!

VIVA A PISTA DE DANÇA, deixa o pessoal do camarote se amontoar enquanto a pista ferve e o pessoal se esbalda com o som! IAHUL!


Por essa semana é só!




Serviço
1 – Chico na vitrola e cia, estão entre as melhores coisas entre o céu e a terra.
2 - O lance é meta, foco e trabalho!
3 – A Underlab que contou com Gabriel Boni, está concorrendo a Melhor noite de 2009 no Factóide http://factoide.wordpress.com/2010/01/07/enquete-melhor-noite-de-2009-cuiaba/#more-9400 . Acesse e vote, a gente merece e a balada foi realmente fodástica! O projeto surpreendeu geral, e mostrou que Pepa, Cleiton Araújo, Vitor Goes e eu ( conhecido pela alcunha de Gordura) ralamos, crescemos, e fazemos ela cada dia melhor.
4 – Entra no www.carpatia.wordpress.com
5 – Com o link do nº 3, Magrão prova que não sabe fazer aquelas coisinhas tipo, para votar clique aqui!



Sem mais
Lucas aka Gordura
O Motivadão da cena!

9 comentários:

Diego Marcell² disse...

Pronto, maldito safado que acendeu essa porra dessa lâmpada! Hahahahaha!!!

HAUHAUHAUHAUHAUHAUHA

And®és Leal disse...

quem é V.I.P. passa por aqui!

pedro disse...

Como disse o Luciano em entrevista ao beatportal, ''em Ibiza não tem essa merda de area vip''.
MAS, como estamos em cuiabá, a área Vip realmente é imporante $ para as festas, chegando a salvar aquelas que não tiveram a quantidade de gente esperada.
Eu, pessoalmente, gosto mais da pista. Mas como em algumas situações a pista está bombando, a área VIP faz bem a saúde!

PEPA

Ronaldo Meirelles disse...

V.I.P - Vamos "Impressionar" as Pessoas.

O que é ser V.I.P: Pagar mais caro, entrar pela menor entrada, com a maior fila, ficar no local mais apertado, com mais gente por metro quadrado, menos banheiros, menos bares e atendentes.

Ai para melhorar o "Jênyo" ainda fazer aquele "adendo" na frente com cavaletes que cortam a frente do palco ao meio. Meia pista e meia VIP. MAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGAVILHA ALBERTO!

anamaria disse...

... eh isso ai gorduraz... a vida eh feita de escolhas neh nao... e amem que existe espaco pra todos os gostos... uhuuu...

bjos, Anamaria Bianchini.

Carpatia disse...

uhauahu, O Motivadão da cena! ja votei no Underlab, e vc?

Dewis,

Thalita Araújo disse...

hahahahahahahhaha
aê Gordurinha! nunca me arrependo ao passar por aqui e sentir a bem humorada acidez... hahahaha

tha disse...

É, e vamos todos comprar o status de V.I.P (pessoas nem muito e nem tão importante assim, que aliás se V.I.P fosse um título não poderia ser comprado), quem sabe assim a fila dos pobres mortais dá uma desafogada e que eles possam dançar com mais espaço ainda (lógico que os V.I.P só descem do seu lugar "privilegiado" pra pisar com seu lindo salto algulha 12 no pé de algum pobre Normal People!
hohoho

Edimar Rodrigues disse...

Eu, que por vezes alternadas incomodo/agrado e até impressiono, por praticar movimentos, ora coordenados e até inéditos, também circulo por ambos os espaços, ao sabor da minha conveniência e disponibilidade de prestígio e/ou grana.

O som na pistinha é melhor, mesmo!

Há também quem use as tais fitihas em espaço determinado como massageador de egos. Há quem precise!

Mas a melhor parte disso aqui é poder se divertir com os "gordos" comentários desse escritor magriça, demasiado sarcástico, que alguns acham engraçado, inclusive eu.

 
Forensic Accounting
Forensic Accounting